Quarta 26 Abr de 2017

Inicia o projeto Economia Criativa

Aperfeiçoamento mostra o caminho para organizar empresas que trabalham com geração de conteúdo exclusivo

Dezoito profissionais do ramo da criatividade iniciaram uma aventura pelo conhecimento na noite de segunda-feira, 24, na sede da Associação de Pequenas e Médias Empresas (Apeme). Os arquitetos, designers, publicitários, artistas e demais empreendedores são participantes do projeto Economia Criativa, desenvolvido pelo Sebrae/RS. Garibaldi é a segunda cidade do interior do estado a receber a capacitação.

Idealizado pela Apeme, Sebrae/RS, Secretaria Municipal de Turismo e Cultura e Conselho Municipal de Políticas Culturais de Garibaldi, o projeto tem por finalidade a formação de um grupo de empreendedores que possam multiplicar o conhecimento adquirido, compartilhando por meio de capacitações, missões empresariais, consultorias e atividades para fortalecimento e qualificação de seus negócios. O calendário de atividades encerra em outubro. A última atividade contempla um evento aberto a convidados, em que cada empresa apresenta a ideia do seu negócio aprimorada, a partir do conhecimento adquirido durante o projeto.

Orientando esse grupo estão os consultores da Semente Negócios (núcleo de trabalho ligado ao Sebrae), Giorgio Zilli e Ellen Carbonari. Juntos, promoverão análise de negócios e processos, e mostrarão quais são os caminhos para tornar a criatividade um produto lucrativo. "Analisando o perfil de empresas que têm essa capacidade intelectual envolvida, percebemos que é comum elas passarem pelo mesmo tipo de dificuldade. Tentamos sempre enaltecer a criatividade. Vamos explicar a gestão como um todo. O principal é o marketing, como colocar o produto no mercado", explicou Zilli.

A técnica do Sebrae Serra Gaúcha, Lisandra Caberlon, comemorou a parceria com a Apeme, dizendo que o projeto veio para fortalecer a economia local. Por sua vez, Ellen destacou a importância da experiência.  "É bem interessante a rede de contatos que se forma dentro do grupo. Existem cinco módulos de troca onde esses profissionais poderão aprender sobre o projeto do colega, ficarão sensíveis aos seus problemas e aos problemas dos demais."

O primeiro módulo iniciou com uma dinâmica divertida, em que todos desenharam uma caricatura do colega sem olhar para o papel.

Saiba mais - o que é Economia Criativa

A Indústria Criativa é formada pelas atividades profissionais e/ou econômicas que têm as ideias como insumo principal para a geração de valor. Esta indústria está dividida em quatro grandes núcleos que são: consumo, cultura, mídias e tecnologia, e cada núcleo abrange algumas das 13 áreas da economia criativa: publicidade, arquitetura, design, moda, expressões culturais, patrimônio e arte, música, artes cênicas, editorial, audiovisual, P&D, Biotecnologia e TIC.

1 / 10

CALENDÁRIO DE EVENTOS

VER TODOS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS


  • quarta
    20
    Mar

    Garibaldi Vintage abre programação do Outono das Cores (...)

    O outono chega nesta quarta-feira, 20 de março, e diversas atrações podem ser conferidas na programação que segue até 20 (...)

    Leia Mais...
    terça
    19
    Mar

    Clube de Leitura apresenta obra de Nora Roberts (...)

    O livro O Tesouro Secreto, de Nora Roberts, é o tema do encontro do Clube de Leitura que será realizado em Garibaldi (...)

    Leia Mais...
    terça
    19
    Mar

    Trajes oficiais das soberanas da Fenachamp 2019 serão (...)

    O centro histórico da cidade servirá de palco para a apresentação dos trajes oficiais das soberanas da Fenachamp 2019. O (...)

    Leia Mais...
Voltar ao topo